2.3.06

Doces de Pelotas



Em Pelotas, a história está pelas ruas. As casas do século 19, construídas pelos portugueses, são herança da época em que a cidade era a maior produtora de charque do estado.
Os doces também. Delicados, feitos com ingredientes nobres, eram servidos em dias de festa, mas fazem sucesso até hoje

Trouxinha de Nozes
Massa:
1 lata de leite condensado
2 xícaras de nozes moídas

Recheio:
6 gemas
2 xícaras de açúcar
1 xícara de água
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 colher de sopa de essência de baunilha

Modo de preparo da massa:
Misture as nozes com o leite condensado em uma panela e leve ao fogo baixo para cozinhar. Mexer bem para não queimar. Quando estiver soltando a massa do fundo da panela está pronto. Bote em um refratário para esfriar.

Modo de preparo do recheio:
Passe as gemas, o açúcar, a farinha, água e a essência de baunilha por uma peneira. Misture bem e leve ao fogo. Comece com fogo alto e quando começar a ferver diminua o calor. Mexa sempre e quando engrossar e começar a desgrudar do fundo da panela está pronto. Deixe esfriar.

Preparo do doce:
Espiche a massa (pode colocar em um plástico e usar um rolo de massa) na espessura que você preferir. Com a ajuda do cortador, ou até mesmo um copo, corte o doce e coloque sobre açúcar para não grudar. Depois é só acrescentar o recheio e fechar o envelope. Um pedaço de noz dá o arremate no doce.

3 comentários:

Faby disse...

Céussssss!!! Que doce é esse homem? Tá querendo que eu engorde só de olhar é? ;-)

Ah! Te vi no Jornal Nacional sexta de carnaval, cobrindo a passagem do Bono.... ai, ai... invejinha :-)

Beijo!

Santa disse...

Nossa!!!! Que blog doce!!!
Bjs

Sabrine disse...

Olá Giácomo!

Tudo bem?
Sou moradora de Pelotas e acadêmica do curso de Bacharelado em Turismo da UFPel e estou fazendo minha monografia sobre os doces de Pelotas e estava olhando receitas dos docinhos e notei que tens um nome diferente da TROUXINHA DE NOZES - Envelope de Nozes. Ao menos é assim que se chama por aqui!

Adorei seu blog... Achei muito interessante.. pois também sou apaixonada por culinária!

Bjs